Será a comida Tailandesa saudável?

Resolve jantar fora e opta por um restaurante asiático, Tailandês mais especificamente. Mas será a comida Tailandesa saudável?

A dieta tradicional da Tailândia oferece vegetais coloridos, frutos do mar (marisco) e carnes, servidas com arroz ou noodles e temperadas com ervas e especiarias como açafrão, galanga, manjericão tailandês e erva-príncipe (capim-limão).

A comida servida em restaurantes tailandeses ocidentais compartilha muitos aspectos da autêntica cozinha tailandesa, embora tenha algumas diferenças notáveis. Os cardápios tailandeses na América podem ter porções maiores, mais frituras e receitas com mais sal e açúcar.

Este artigo analisa os possíveis benefícios e as desvantagens dos pratos normalmente servidos em restaurantes tailandeses no ocidente.

Quais os ingredientes utilizados na comida tailandesa?

A comida tailandesa é conhecida por utilizar muito as ervas e especiarias, muitas das quais foram estudadas pelos seus benefícios para a saúde.

Outros ingredientes que podemos encontrar nos pratos tailandeses, como tofu, frutos do mar e rebentos de soja, também apresentam perfis nutricionais impressionantes.

Aqui estão alguns dos ingredientes tailandeses mais utilizados ​​e informações sobre sua nutrição e possíveis benefícios para a saúde.

Galanga (gengibre tailandês)

Semelhante em aparência e sabor ao gengibre e às raízes de açafrão, a galanga é frequentemente usada em molhos, pastas de curry e pratos como sopa de tom yum. Estudos em tubos de ensaio mostram que essa raiz contém compostos que podem eliminar células cancerosas. Estudos em humanos também sugerem que a galanga pode ajudar a combater a inflamação e a aliviar a dor.

Manjericão sagrado tailandês

Esta erva tem um sabor semelhante ao das outras variedades de manjericão, mas com um tom semelhante ao de alcaçuz. É usado em caril, arroz frito e legumes salteados. Um estudo mostra que os óleos e extratos de manjericão sagrado podem auxiliar no controle do estresse, proteger contra níveis elevados de açúcar no sangue em pessoas com diabetes e exercer outros efeitos terapêuticos.

Açafrão

A curcuma (açafrão) confere ao caril a sua cor e pode trazer benefícios à saúde devido ao seu principal princípio ativo, a curcumina. A curcumina pode ter efeitos anti-inflamatórios poderosos, melhorar a função cerebral e a criação de novas células cerebrais (neurónios). Outros componentes da curcuma mostram potencial para proteger contra a diabetes e doenças cardíacas, mas são necessários mais estudos em humanos.

Erva-Príncipe

A erva-príncipe (capim-limão) acrescenta um sabor fresco e cítrico às sopas tailandesas e, ao mesmo tempo, pode melhorar sua saúde.

Erva-príncipe (capim-limão)
Erva-príncipe (capim-limão)

Estudos com ratinhos sugerem que o óleo essencial de erva-príncipe (capim-limão) pode ajudar a proteger contra úlceras estomacais e diminuir os níveis elevados de colesterol no sangue, um fator de risco para doenças cardíacas.

Leite de coco

O leite de coco pode ser encontrado em curries e sopas tailandeses. Embora os efeitos do coco na saúde sejam amplamente debatidos devido ao seu alto nível de gordura saturada, o leite de coco pode ter benefícios. Um estudo com 60 adultos asiáticos saudáveis ​​descobriu que consumir mingau feito com leite de coco 5 dias por semana durante 8 semanas reduziu significativamente o colesterol LDL (mau) e aumentou o colesterol HDL (bom), em comparação com o grupo de controle. No entanto, esses efeitos podem não se aplicar às culturas ocidentais.

Rebentos de feijão mungo

Os rebentos de feijão mungo são utilizados ​​em sopas e salteados de legumes. São ricos em diversas vitaminas e minerais, fornecendo mais de 30% da dose diária recomendada (DDR) da vitamina K e 15% da DDR da vitamina C por 1 chávena (104 gramas). A vitamina K é um micronutriente vital para a coagulação sanguínea, enquanto a vitamina C é necessária para a produção de colágeno, e para o bom funcionamento do sistema imunológico, assim como para manter a pele saudável.

Marisco (frutos do mar)

Muitos pratos tailandeses incluem camarão, gambas, peixe branco e outros mariscos. Os frutos do mar são uma excelente fonte de proteína magra e fornecem vitaminas, minerais e gorduras omega-3 saudáveis. Um estudo relacionou o consumo regular de marisco a um menor risco de doenças cardíacas e diabetes tipo 2.

Pelos ingredientes apresentados poderíamos dizer que a comida tailandesa é saudável. No entanto, falta-nos analisar os aspetos negativos.

Eventuais desvantagens da comida tailandesa

Embora diversos pratos tailandeses incluam um bom equilíbrio de nutrientes e ingredientes que promovem a saúde, existem algumas desvantagens na culinária tailandesa.

Os pratos tailandeses costumam ser servidos em proporções maiores de arroz branco e noodles de arroz, em relação aos outros ingredientes. Comer demasiados hidratos de carbono refinados, como arroz e massa, tem sido associado ao ganho de peso e a um maior risco de diabetes tipo 2 e outras doenças. (ver estudo)

Além disso, muitos restaurantes tailandeses ocidentais oferecem demasiados alimentos fritos, como wontons, rolinhos de ovo e abóbora frita, que não são necessariamente baseados em alimentos tradicionais tailandeses.

Vários estudos relacionaram o consumo de alimentos fritos a um risco aumentado de doenças cardíacas, hipertensão e certos tipos de câncer (consultar fonte).

Alimentos fritos também tendem a ser ricos em sódio, um nutriente que, quando consumido em excesso, pode contribuir para a hipertensão e danificar os vasos sanguíneos do coração e dos rins. Dependendo dos ingredientes, os curries e as sopas tailandeses também podem estar carregados com sal (ver fonte).

Finalmente, alguns alimentos tailandeses contêm açúcar adicionado, especialmente sobremesas e chá gelado tailandês, feito com leite condensado e chá preto. Ingerir demasiado açúcar pode levar a excesso de peso, cáries e outros efeitos nocivos à saúde (consultar fonte).

Lembre-se de que os pratos tailandeses menos saudáveis ​​são principalmente aqueles que foram ocidentalizados. A cozinha tradicional tailandesa é bastante saudável e amplamente baseada em vegetais, proteínas magras e ervas e especiarias frescas.

Conclusão: Respondendo à pergunta é a comida tailandesa saudável

A resposta à pergunta “Será a comida Tailandesa saudável?” tem, sem dúvida, que ser afirmativa.

Sim, a comida tailandesa é saudável.

No entanto temos que ter cuidado com a ocidentalização das receitas. Opte pelos pratos mais tradicionais. Abuse dos legumes e reduza o acompanhamento (arroz frito ou noodles). E finalmente, esqueça a sobremesa.

Continuando nas dietas saudáveis, conheça em seguida, as frutas mais saudáveis que deve incluir na sua dieta.