4 Histórias de Sucesso com Drones

Embora as lutas legais entre defensores de Drones e os reguladores do governo continuem a dominar as manchetes das revistas de Drones, podemos dizer que as histórias de sucesso são muitas, antecipando dessa forma um futuro onde esta nova tecnologia terá, certamente, o seu lugar. Apresentamos aqui 4 histórias de sucesso com drones:

1. Drones melhoram os cuidados de saúde

Durante o verão, a Matternet , uma empresa que desenvolve de drones, fez uma parceria com a Organização Mundial da Saúde para testar drones que entregam remédios e equipamentos médicos aos residentes no Butão. Como o Butão tem apenas aproximadamente um médico para cada 3.333 pessoas, esse serviço pode ajudar a salvar milhares de vidas. “Foi uma iniciativa de alto impacto / alta recompensa”, disse a co-fundadora da Matternet, Paola Santana, à Dronelife. “Não há outras alternativas; não há estradas.”

Os resultados dos voos do Butão foram extremamente encorajadores. “Temos 100 por cento de perfeição com nossa tecnologia [UAS e software]”, disse Santana, “ainda estamos a trabalhar no âmago da questão, mas os relatórios iniciais indicam que todos os voos foram concluídos com perfeição”.

Matternet seguiu os testes do Butão com um projeto semelhante na Nova Guiné.

2. Drones ajudam a encontrar pessoas desaparecidas

Guillermo DeVenecia, de 82 anos, desapareceu de sua casa em Fitchburg, Virgínia. Após uma busca de três dias pela polícia, os oficiais temeram pela segurança e saúde de DeVenecia porque ele sofria de demência e perda auditiva. Ao ouvir um alerta de notícias sobre a situação, o piloto de Drone David Lesh posicionou o seu drone acima de um dos últimos locais conhecidos da DeVenecia e, em 20 minutos, conseguiu encontra-lo. Estava já num estado de desidratação, mas em boa forma.”

Usando o FPV, ou controles de visão em primeira pessoa (Flying First Person View), Lesh foi capaz de voar a cerca de 200 pés acima da área e visualizá-la através da câmara do drone. Vasculhou todo o campo em apenas alguns minutos. Com o típico sistema de voluntários poderia ter levado muitas horas.

Noutro caso semelhante, equipes de resgate na Sibéria utilizaram um drone para localizar uma menina de quatro anos desaparecida há duas semanas. Conforme relatado em DRONELIFE: “Depois de pesquisar a área [de 30 quilómetros], um veículo aéreo não tripulado avistou Katrina sentada na relva alta e alertou os detetives para sua localização.” Esta foi mais uma das histórias de sucesso com drones que acabou da melhor maneira.

3. História de sucesso com Drones descobrindo o passado

A arqueólogo da Purdue University, juntamente com muitos de seus colegas, descobriram que os “drones podem ser uma nova ferramenta para ter nos kits de ferramentas dos arqueólogos”. Ian Lindsay tem usado UAVs para coletar e compreender melhor informação recolhida em campos arqueológicos da Idade do Bronze na Arménia. “É uma boa alternativa para pipas, balões ou sentar no balde de um guindaste com uma câmara tentando documentar visualmente esses locais antigos”, disse Lindsay. “Os drones oferecem uma perspetiva aérea detalhada que nunca tivemos antes e, ao alavancar essa tecnologia, os arqueólogos podem ser mais eficientes no campo, pois os drones nos dão uma noção imediata da escala espacial útil para o planejamento da escavação.”

Além disso, os drones estão a ser utilizados em locais de escavação em todo o mundo. No Novo México, Peru e Equador.

4. Drones ajudam baleias

As baleias modernas estão bastante agitadas. Como sabemos iisso? Bem, os mamíferos gigantes expelem litros em excesso de muco cheio de hormonas de stress pelos seus orifícios de ventilação quando têm problemas. O método tradicional implicava chegar perto delas com lanchas cujo ruído ainda lhes provocava mais stress. Na verdade, o “médico” pode fazer piorar a condição do “paciente” ao tentar obter um diagnóstico.

O Snot Bot é um drone de helicóptero que pode voar silenciosa e discretamente em direção ao jato de água e muco de uma baleia e obter facilmente a amostra. Embora o drone esteja apenas em fase de conceção, a equipe da faculdade, com a ajuda da Ocean Alliance, testou o quadricóptero neste outono na esperança de obter uma licença da FAA.

Drones obtêm algum suporte da FAA

Embora ainda haja uma série de obstáculos a serem superados pelos operadores de drones em relação às políticas questionáveis da FAA, a agência federal americana tem mostrado algum “amor por UAV”. De acordo com a Lei de Modernização e Reforma da FAA de 2012, a FAA abriu locais de teste no Alasca, Nevada, Nova York, Dakota do Norte, Texas e Virgínia para serem os locais sancionados pelo governo federal para que as empresas testem seus UAVs e conduzam pesquisas para promover os esforços na publicação de regulamentos. A agência também concedeu cerca de bem mais de 100 Certificados de Autorização e três isenções da Seção 333 para BP, Conoco e MPAA para o uso de drones nos EUA.

Quer ler mais histórias de sucesso? Siga estes hábitos de pessoas que atingiram o sucesso nas suas vidas.