Quais as consequências de ter a tensão arterial alta?

A tensão arterial alta, também conhecida como hipertensão, é um problema de saúde comum que ocorre quando a pressão sanguínea nas artérias é persistentemente elevada. É uma doença silenciosas e, dessa forma, não tem sintomas visíveis.

A tensão arterial alta pode levar a uma série de problemas de saúde, incluindo:

  • Danos nos vasos sanguíneos: A pressão arterial alta pode danificar as paredes dos vasos sanguíneos, o que pode aumentar o risco de doenças cardíacas e derrames cerebrais.
  • Insuficiência renal: A pressão arterial alta pode danificar os rins, o que pode levar à insuficiência renal, uma condição grave que pode requerer diálise ou transplante de rim.
  • Doenças cardíacas: A pressão arterial alta pode aumentar o risco de doenças cardíacas, como infarto do miocárdio e angina.
  • Doenças cerebrovasculares: A pressão arterial alta pode aumentar o risco de derrames cerebrais, um tipo de acidente vascular cerebral que pode causar danos cerebrais permanentes.
  • Perda da visão: A pressão arterial alta pode danificar os vasos sanguíneos nos olhos, o que pode levar à perda da visão.
  • Outros problemas: A pressão arterial alta pode também levar a outros problemas de saúde, como aneurismas, disfunção erétil e problemas de memória.

Para evitar essas consequências graves, é importante tratar a pressão arterial alta e manter a pressão sanguínea controlada. Isso pode ser feito através de mudanças no estilo de vida, como comer uma dieta saudável, praticar exercícios regularmente e evitar o tabagismo. Pode, igualmente, ser necessário o uso de medicamentos para controlar a pressão arterial.

Se você tem pressão arterial alta ou tem um risco aumentado de desenvolver hipertensão, é importante trabalhar com um médico para gerir sua pressão arterial e evitar essas consequências graves.

Sintomas da tensão arterial alta

Diz-se normalmente que tensão arterial alta (hipertensão) é uma doença silenciosa porque, na grande maioria das vezes, não causa sintomas. No entanto, com o decorrer dos anos, a pressão arterial acaba por danificar os vasos sanguíneos e os principais órgãos do organismo, como o cérebro, o rim e o coração, podendo provocar sintomas como:

  • dores de cabeça
  • tonturas
  • zumbidos
  • aumento dos batimentos cardíacos
  • dor no peito
  • falta de ar

Tabela de tensão arterial

A seguinte tabela mostra os vários valores de pressão arterial e sua classificação médica em comparação com o valor ideal de 120 por 80 (em adultos). Os médicos falam em pressão alta (hipertensão) quando os valores da pressão sistólica e diastólica são regularmente medidos acima de 140 e 90 respectivamente. Quando os valores estão abaixo de 105 da pressão arterial sistólica e 60 da diastólica, a pressão arterial é considerada baixa.

Pressão Arterial Sistólica (mmHg)Pressão Arterial Diastólica (mmHg)
Baixa< 105< 60
Ótima106 – 12061 – 80
Normal121 – 12981 – 84
Acima do Normal131 – 13985 – 89
Hipertensão> 140> 90

Qual a diferença entre pressão arterial sistólica e diastólica?

A pressão arterial é a pressão exercida pelo sangue nas artérias quando o coração bombeia o sangue pelo corpo. A pressão arterial é medida em milímetros de mercúrio (mmHg) e é composta por duas partes: a pressão arterial sistólica e a pressão arterial diastólica.

Pressão arterial sistólica: A pressão arterial sistólica é a pressão exercida pelo sangue nas artérias quando o coração está contraído e bombeando o sangue pelo corpo. Ela é medida durante a sístole, que é a fase de contração do coração. A pressão arterial sistólica é geralmente a primeira e maior das duas cifras da pressão arterial.

Pressão arterial diastólica: A pressão arterial diastólica é a pressão exercida pelo sangue nas artérias quando o coração está relaxado entre as batidas. Ela é medida durante a diástole, que é a fase de relaxamento do coração. A pressão arterial diastólica é geralmente a segunda e menor das duas cifras da pressão arterial.

O que fazer para baixar a minha tensão arterial?

Existem, no enanto, algumas medidas que pode desde já tomar para baixar a sua tensão arterial e manter a pressão sanguínea controlada:

Fazer mudanças no estilo de vida

Algumas mudanças no estilo de vida podem ajudar a baixar a pressão arterial.

Isso inclui:

  • Comer uma dieta saudável, rica em frutas, vegetais, grãos integrais, nozes e feijões e pobre em sódio, gorduras saturadas e açúcar.
  • Praticar exercícios regularmente, pelo menos 30 minutos por dia, a maioria dos dias da semana.
  • Reduzir o consumo de álcool
  • Evitar o tabaco.

Tomar medicamentos

Se mudanças no estilo de vida não forem suficientes para baixar a pressão arterial, o seu médico pode prescrever medicamentos para controlar a pressão sanguínea. Existem vários tipos de medicamentos disponíveis para tratar a hipertensão, incluindo diuréticos, inibidores da enzima de conversão da angiotensina (ECA) e bloqueantes dos receptores de angiotensina.

Monitorar a pressão arterial em casa

É importante monitorar a pressão arterial em casa para garantir que ela esteja controlada. Isso pode ser feito com um medidor de pressão arterial manual ou um medidor de pressão arterial automático. É importante seguir as instruções do seu médico para medir a pressão arterial corretamente e informar o médico se os resultados estiverem fora do intervalo normal.

Gerir outras condições de saúde

Se tiver outros problemas de saúde, como diabetes ou doença renal, é importante tratá-las de forma adequada para manter a tensaõ arterial controlada.

Posso dar sangue se tiver a tensão arterial alta

De uma maneira geral, é seguro doar sangue mesmo que tenha pressão arterial alta. No entanto, é importante avisar o profissional responsável pela coleta de sangue sobre qualquer problema de saúde que tenha, incluindo hipertensão. Isso irá permitir que o profissional de coleta de sangue possa avaliar se é um candidato adequado para doar sangue e, se sim, qual o melhor momento para doar.

Alguns fatores que podem afetar a dádiva de sangue com pressão arterial alta incluem:

A gravidade da tensão arterial alta

Se a sua pressão arterial estiver muito alta, o profissional responsável pela coleta pode decidir que não é seguro doar sangue no momento. No entanto, se a pressão arterial estiver controlada com medicamentos ou mudanças no estilo de vida, estará habilitado a doar sangue normalmente.

O uso de medicamentos para controlar a pressão arterial: Alguns medicamentos para controlar a pressão arterial podem afetar a quantidade de sangue no corpo ou a composição do sangue, o que pode impedir que você doe sangue. O profissional de coleta de sangue pode avaliar se poderá doar sangue mesmo que esteja tomando medicamentos para controlar a pressão arterial.

Outras condições de saúde

Algumas condições de saúde, como doença renal ou diabetes, podem ser impeditivas da dádiva de sangue. Se tiver outros problemas de saúde além da pressão arterial alta, deverá pocurar outras formas de ser solidário com os outros.

Posso fazer desporto com a tensão arterial alta?

Sim, é geralmente seguro praticar exercícios físicos mesmo que você tenha pressão arterial alta. Na verdade, a atividade física regular pode ajudar a controlar a pressão arterial e prevenir a hipertensão. No entanto, é importante tomar algumas precauções e trabalhar com um médico ou profissional de saúde qualificado para garantir que o exercício seja seguro e eficaz para controlar a pressão arterial.

O seu médico pode orientá-lo sobre qual tipo de exercícios são adequados para você e quanto tempo e quantas vezes por semana você deve praticar exercícios. Em geral, é recomendado praticar exercícios aeróbicos moderados, como caminhada, corrida ligeira, natação ou ciclismo, pelo menos 30 minutos por dia, a maioria dos dias da semana.

Se não estiver acostumado a praticar exercício, comece aos poucos e aumente a intensidade gradualmente.

Referências Externas