Histórias inspiradoras sobre sorte e felicidade

Aqui deixo mais duas histórias inspiradoras sobre sorte e felicidade, com mensagens interessantes por de trás. A primeira é a de um sábio numa aldeia que dá uma lição de vida aos restantes aldeões. A segunda história está mais relacionada com o tirar proveito de uma situação. Por vezes pode sair o tiro pela culatra.

Sábia anedota

Havia um sábio na aldeia que era procurado por todos. Todos se queixavam sobre a vida. Reclamavam dos seus problemas, dos seus infortúnios.

Um certo dia, com toda a gente da aldeia reunida, o sábio contou uma anedota. Todos, sem exceção, desataram à gargalhada.

Após alguns minutos, o sábio voltou a falar. Todos pensavam que iria contar outra piada.

No entanto, ele contou a mesma piada, por palavras um pouco diferentes. Apenas alguns sorriram.

Foi então que o sábio contou a mesma piada pela terceira vez. Fez-se silêncio. Ninguém riu.

O sábio sorriu e disse:

“Ninguém consegue rir da mesma piada indefinidamente, pois não? Da mesma forma, ninguém deveria chorar pelo mesmo problema, outra e outra vez. ”

Moral da história

Passar a vida em stress, sentindo angústia e tristeza permanente por causa dos problemas que a vida sempre acarreta, não irá resolver os seus problemas, apenas desperdiçará o seu tempo e a sua energia.

O burro e o mercador de sal

Um vendedor de sal transportava, habitualmente, o saco de sal em cima do seu burro para o mercado, todos os dias.

No caminho, eles tinham sempre que atravessar um pequeno riacho.

Um dia, ao atravessar o riacho, o burro escorrega numa pedra e cai. O saco de sal também caiu na água. Como o sal se dissolveu na água, o saco, quase sem sal, tornou-se muito mais leve.

O burro ficou feliz por ter de carregar menos peso.

histórias inspiradoras sobre sorte e felicidade - o burro e o mercador de sal

Então, o burro começou a “escorregar” todos os dias no mesmo riacho.

Não foi difícil para o vendedor de sal perceber a “manha” do burro. Por isso resolveu dar-lhe uma lição.

No dia seguinte, o vendedor coloca no burro, não um saco de sal, mas um saco de algodão.

Tal como esperado, o burro chega ao riacho e, na expectativa de que o fardo de algodão ficaase ainda mais leva, escorrega.

No entanto, o algodão absorveu água e tornou-se muito mais pesado.

O burro aprendera a lição. Não caiu mais a partir daquele dia.

Moral da história

Não abuse da sorte. Ela não vai estar sempre consigo.

Se gostou desta histórias inspiradoras sobre sorte e felicidade também vai gostar de:

Se gostou desta histórias temos outras ainda melhores. O elefante preso por uma corda e pensar fora da caixa são apenas alguns exemplos.