Fazer anotações é um hábito de muitas pessoas de sucesso

Sempre gostei de anotar tudo o que me parece importante. Criei o hábito de levar o meu bloco de notas para todo o lado.

Isso ajuda-me, sem dúvida, a fazer anotações onde e quando a inspiração me encontra. As ideias para os mais diversos artigos surgem, frequentemente, quando menos espero.

Fazer anotações ajuda-me a retirar as coisas da cabeça e colocá-las no papel. Além disso, o facto de anotar os pensamentos, inspira-me a agir em relação às coisas que escrevi.

As anotações tornam-se o “ponto de referência criativo” a partir do qual posso agir, consultar e desenvolver as ideias. Ao mesmo tempo ajuda a melhorar a gestão do meu tempo e aumenta, sem dúvida alguma, o meu foco e a minha produtividade.

Neste artigo, proponho-lhe explorar a ideia de fazer anotações. Perceba como pode começar desde já a tomar notas, a fazer disso um hábito e, dessa forma, dar mais um passo no caminho do sucesso.

Neste artigo:

  1. Exemplos de pessoas de sucesso que faziam anotações
  2. Porque é importante tirar notas
  3. Benefícios em fazer anotações
  4. Como criar o hábito de fazer anotações
  5. Conclusão
  6. Referências

Exemplos de pessoas de sucesso que faziam anotações

O hábito de tirar notas é muito comum entre as pessoas de sucesso. Fazer anotações vai ajudá-lo a organizar os seus pensamentos e registar informação sobre assuntos importantes do seu trabalho ou da sua vida pessoal.

O CEO da Virgin, Richard Branson, um exemplo de criatividade e empreendedorismo, afirma escrever dezenas de blocos durante um ano. Uma ideia não anotada, é uma ideia perdida, diz Branson.

Mas existem muitos exemplos de pessoas de sucesso conhecidas pelos seus blocos de nota.

Thomas Edison, registou pensamentos em cerca de 5 milhões de pequenas páginas. Bill Gates, fundador da Microsoft, prefere utilizar um caderno amarelo para as suas anotações. George Lucas, o realizador de Star Wars, esboçou as suas personagens em pequenos blocos de notas.

De maneira idêntica, Ernest Hemingway, Mark Twain, J.K.Rowling, e muitos outros, tinham o hábito de transportar consigo um caderno para anotações.

Índice

Mas porque é importante tirar notas?

Fazer anotações é uma parte essencial do sucesso na vida profissional, bem como na vida pessoal.

Citação de Akira Kurosawa (Realizador Japonês)

As minhas próprias experiências e as diversas coisas que li, permanecem na minha memória e tornam-se a base sobre a qual eu crio algo novo. Não é possível fazer isso do nada. Por isso, desde jovem, tenho o hábito de ter um caderno à mão quando leio um livro. Escrevo as minhas reações e o que me comove, particularmente. Tenho pilhas e mais pilhas desses cadernos de faculdade e, quando tenho que escrever o argumento de um filme, é isso que eu leio, as minhas anotações. Mesmo para simples frases de diálogo, utilizei dicas desses cadernos. Então, o que eu quero dizer é o seguinte: não leia livros deitado na cama.

Akira Kurosawa (Realizador Japonês)

No entanto, para muita gente, escrever anotações não é uma prática comum, apesar dos seus evidentes benefícios.

Existem diversos motivos que fazem com que tirar notas seja realmente importante:

  • Ajuda-o a enfatizar os pontos chave e clarifica-los na sua mente;
  • Ajuda-o a interagir com o conteúdo a um nível mais profundo;
  • Permite-lhe fazer ligações entre ideias aparentemente distintas;
  • Permite resumir informação;
  • Ajuda-o a ilustrar as ideias com o seu toque pessoal;
  • Fica com ideias simples registadas que, de outra forma, estariam perdidas para sempre.

Repare, acha que vai mesmo se lembrar de tudo, no futuro? Não seria mais benéfico simplesmente anotar o que está a ouvir?

O hábito de tirar notas pode ser desenvolvido e tem grande vantagens.

Existem diversas apps para tirar notas como o Evernote ou o OneNote. No entanto, a maior parte das pessoas de sucesso não o fazem de forma eletrónica. Em contrapartida, elas utilizam um caderno ou bloco (com folhas de papel, mesmo) e uma caneta ou um lápis.

Índice

Benefícios em fazer anotações

Resumo dos benefícios em escrever anotações:

Liberta o seu cérebro do excesso de informação

Temos sempre tanto em que pensar que, muitas vezes, morremos de medo em perder alguma coisa importante. Ao anotar os nossos pensamentos, diminuímos a ansiedade provocada por esse medo.

Transforma-o num melhor ouvinte

Quando se empenha na tarefa de ouvir, quer seja numa reunião, ou numa conferência, ou mesmo quando está com amigos, o seu cérebro fica em modo de gravação. Em vez de pensar “tenho que me lembrar disto”, simplesmente anote, e livre-se dessa preocupação.

Tirar notas transforma-o num melhor ouvinte.
Saber ouvir

Faz com que as coisas pareçam mais reais

Algo de mágico acontece quando faz uma anotação. As palavras ganham uma energia que não tinham antes.

Sintoniza a sua mente para a captura de informação importante

Quando adquirir o hábito de tirar notas, escrever apontamentos em reuniões, eventos, seminários, será algo natural. Uma simples anotação poderá tornar-se numa ideia muito maior.

Torna-o um leitor mais eficiente

Quer esteja a ler um livre relacionado com o trabalho ou desenvolvimento pessoal, escrever anotações pode ajudá-lo a manter o foco e vai desenvolver a capacidade de reter citações, processo ou técnicas de pensamento importantes.

Melhora a sua memória

Os seres humanos tendem a perder entre 50 a 80% da nova informação nas primeiras 24 horas após lerem ou ouvirem algo, se nada fizerem com ela (Curva do Esquecimento – Inglês). Quando faz anotações à mão, está a organizar o seu pensamento, a criar novas sinapses, melhorando a sua memória.

Ajuda-o a organizar os seus pensamentos

Um desafio que os anotadores têm é conseguirem organizar as suas notas de forma a poderem consultá-las mais tarde. Tirar apontamentos não é suficiente. Há que revisitá-los mais tarde. Dessa forma estará a cimentar o conhecimento. Se as anotações estiverem espalhadas por todo o lado, isso será difícil. Mantenha tudo no mesmo lugar. Além disso, reveja as suas anotações frequentemente.

Melhora a sua capacidade de atenção

Quando tem o seu bloco de notas consigo, ficará mais ativo e mais propenso a interagir com o ambiente que o rodeia. Ficará mais focado e vai prestar mais atenção.

Treina-o para captar apenas o que mais importa

Tirar notas afasta-o de transcrever tudo o que ouve numa reunião. Como percebemos que não é possível escrever tudo, a nossa mente concentra-se em filtrar o ruído e, dessa forma, captar apenas o essencial.

Ajuda-o a fazer perguntas melhores

Se está numa reunião, totalmente envolvido, a tirar apontamentos, a sua mente pode começar a abrir-se. Como resultado, o seu processo de pensamento expande-se. Começa a perceber ligações que, de outra forma, lhe escapariam. Isso ajuda-o a colocar questões para clarificar ainda mais o seu pensamento e a explorar a ideia mais profundamente.

Ajuda-o a atingir as suas metas

Diversos estudos indicam que o processo de tirar apontamentos ajuda as pessoas a atingirem as suas metas. Acima de tudo, escrever as nossas metas faz com que o empenho seja maior e aumenta a probabilidade de as conseguirmos atingir. Ver estudo de Dr. Gail Matthews, professor de Psicologia na Universidade Dominicana da Califórnia.

Índice

Como criar o hábito de fazer anotações

O hábito de tirar notas pode torná-lo mais focado, mais produtivo e mais criativo.

De maneira idêntica, pode ajudá-lo a capturar todos os seus pensamentos, ideias e a reter informações que podem prepará-lo para o sucesso.

Mas como podemos criar o hábito de tomar notas na nossa vidas diárias?

1. Comece por comprar um Bloco de Notas

Tem que adorar o seu Bloco de Notas. Prático, elegante, que combine consigo. Existem Blocos de Notas de todas as formas, tamanhos e cores. Então, o importante é encontrar aquele que funciona para si. Dê uma olhada na loja da Amazon, talvez encontre algo que chame por si.

Compre um bloco de notas que goste.

2. Mantenha suas anotações no mesmo sítio

Para garantir que suas notas estejam organizadas e facilmente referenciadas, mantenha-as no mesmo sítio. Poderá optar por ter um caderno para diferentes situações e experiências de aprendizagem. Um deles pode ser o caderno das ideias. Pode ter outro para o escritório e reuniões. Eventualmente, poderá ter um diferente para desenvolvimento pessoal.

3. Leve um bloco de apontamentos consigo

O simples ato de transportar um bloco de apontamentos consigo irá inspirá-lo a fazer anotações.

Experimente isto:

Tenha um caderno consigo durante 21 dias seguidos e perceba quando e onde está a fazer anotações e quando não está. Isso irá garantir que tenha seu bloco de notas à mão para as reuniões, atividades e oportunidades que importam.

4. Encontre seu próprio estilo de tomar notas

Muitos de nós temos estilos diferentes de anotações, então encontre um que se adapte à sua maneira de pensar. Garanta, dessa forma, que obtém o máximo benefício das anotações feitas.

Uma nota ou pensamento de uma palavra pode ser tão poderosa quanto uma visão geral mais detalhada de uma reunião.

Alguns estilos de anotações que você pode explorar e experimentar incluem:

  • Mapeamento da mente
  • O Método de Contorno
  • O método de gráficos
  • O Método Cornell
  • Método de registro rápido
  • O Método Maria Popova

5. Mantenha o mesmo formato

Depois de encontrar um método e sistema que funcione para si, persista e altere-o à medida que avança para sua própria personalidade.

Uma regra a seguir é garantir que cada página de anotações tenha uma data e um título ou tópico principal no topo.

Se você estiver criando diferentes símbolos ou letras como um ponto de referência, por exemplo, M para reuniões, certifique-se de que também está incluído.

6. Releia as suas anotações

Pode até ser difícil ter tempo para rever suas anotações, mas é importante que o faça.

Reserve um tempo para rever as suas anotações, de preferência nas 48 horas seguintes após tê-las feito.

Se deixar as suas anotações acumulando pó por uma semana ou mais, então depois a sua memória não será tão forte e estará menos inclinado a agir sobre elas.

Algumas notas trarão mais perguntas, algumas exigirão mais tempo para pensar e outras não serão uma prioridade agora.

Ao reservar um tempo para relê-las, está a ser proativo, em vez de reativo.

7. Agir sobre as anotações

O último passo é a ação. Faça alguma coisa com as anotações que fez. Escreva aquele artigo, desenvolva aquele negócio, faça aquela viagem. Por outro lado, podem ser coisas bem mais simples. Envie aquele email, compre aquele produto, faça aquele curso online. Sinta o sucesso dos seus apontamentos. A dinâmica de agir sobre as anotações ajuda, assim, a consolidar o próprio hábito.

Esse sucesso cria impulso e ajuda-o a desenvolver-se e crescer todos os dias. Também garante que o hábito se mantenha.

Como disse Richard Branson:

“Analise as suas ideias e transforme-as em metas viáveis e mensuráveis. Se não anotar as suas ideias, elas podem sair da sua cabeça antes mesmo de você sair da sala. ”

Richard Branson

Índice

Conclusão

Tomar notas é, sem dúvida, uma das chaves para o sucesso de muitos empreendedores de alto nível. Assim, se conseguir criar esse hábito, tomará melhores decisões, resolverá melhor os problemas que sempre surgem, será mais criativo, e certamente aumentará a sua produtividade.

Saiba de antemão que vai ser necessária muita disciplina para fazer das anotações um hábito na sua vida diária. No entanto, depois de encontrar um processo que funcione para si, os benefícios podem ser gigantescos.

Além deste importante hábito, conheça outros 10 hábitos comuns a empresários bem sucedidos. Remomendo igualmente, desta vez para relaxar um pouco, uma das muitas histórias inspiradoras do nosso site como a da vida é como uma chávena de café.

Índice

Referências